Nutrição esportiva

Share on FacebookPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on Twitter
(Fotos: Google)

(Fotos: Google)

A nutrição esportiva é a área que aplica a base de conhecimentos em nutrição, fisiologia e bioquímica no esporte e atividade física. Os principais objetivos da nutrição esportiva são promover saúde, melhorar o desempenho e otimizar a recuperação pós exercício.

Infelizmente estamos em uma era onde duas epidemias crescem a cada dia mais a obesidade e o sedentarismo. Sendo denominado como globesidade.

Uma pergunta frequente que escuto no meu consultório é: A obesidade gera sedentarismo ou o sedentarismo gera a obesidade?

A verdade é que os dois estão associados na maioria das vezes, por isso a nutrição esportiva está sendo valorizada cada vez mais, porque o esporte associado a uma alimentação equilibrada é o segredo para obter a longevidade.
Parece fácil? Mas infelizmente não é.

(Fotos: Google)

(Fotos: Google)

Muitas pessoas esperam a indicação de um produto milagroso que resolva seus problemas ou a prescrição de um planejamento alimentar fácil, para ser feito por um curto período. A maioria busca resultados rápidos e com o mínimo esforço.

As bancas de revistas e livrarias estão repletas de materiais que promovem dietas infalíveis.

Um profissional sério da área de saúde jamais irá validar essas promessas, mas, na esperança de fazer as pazes com o espelho, muita gente acaba aderindo a essas dietas, colocando em risco a própria saúde.

Pela minha experiência posso garantir, que antes de mais nada, é preciso mudar sua rotina e estabelecer um novo estilo de vida.

NUTRIÇÃO X SUPLEMENTAÇÃO

Segundo a Revista Brasileira de Medicina do Esporte os indivíduos que praticam exercícios físicos sem maiores preocupações com desempenho, uma dieta balanceada, que atenda á recomendações dadas á população em geral é suficiente para a manutenção da saúde e possibilitar bom desempenho físico.
Caso seja necessário a suplementação vale ressaltar que essa caracteriza uma estratégia complementar á alimentação saudável, sendo este o ponto de partida para obter o desempenho máximo.

O suplemento deve agir como um coadjuvante da dieta, atuando como um auxiliar para uma finalidade específica seja ela recuperação, o aumento de massa muscular ou simplesmente uma complementação calórica da dieta.

[pullquote-left]Devemos conscientizar que o processo de reeducação alimentar começa todo dia, cada vez melhor, equilibra-se no final de semana e feriado, dura para toda a vida e quando acaba você ganha um corpo dotado de satisfação pessoal e saúde.[/pullquote-left]

Para que não haja surpresa desagradáveis é fundamental que a suplementação seja indicada e acompanhada por um profissional qualificado pois ele irá determinar o produto mais indicado para sua modalidade esportiva, idade e ingestão alimentar, adequando a quantidade e os horários de acordo com as metas do tratamento.

O que não dá é fazer dieta de segunda a sexta- feira e comer tudo que vê pela frente no fim de semana. Bom senso, equilíbrio e moderação devem fazer parte da sua vida, independente das circunstâncias.

Cuidado com radicalismos.

(Fotos: Google)

(Fotos: Google)

Listei alguns erros comuns que podem atrapalhar o processo de reeducação alimentar:

– Preocupar-se apenas com a ingestão calórica, sem se preocupar com a qualidade das calorias;
– Pular refeições;
– Não comer alimentos fontes de fibras e vitaminas;
– Excluir qualquer grupo de alimentos (carboidratos, proteínas e gorduras);
– Pouca hidratação.

Em fim, cada pessoa tem que ajustar sua alimentação e treinamento de acordo com suas variáveis metabólicas, rotina de atividades diárias entre outras tantas características.
Todo objetivo é totalmente possível, desde que utilizem as corretas técnicas de nutrição associadas a um treinamento adequado.

Gabriella de Freitas Braga
Nutricionista
CRN/1 8575

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *