Pimenta caiena: ingrediente promete reduzir o apetite e ainda emagrece

Share on FacebookPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Tweet about this on Twitter

Consultamos especialistas para saber os benefícios, formas de consumo e contraindicações do alimento que já se tornou queridinho de Bruna Marquezine e Mariana Goldfarb

A pimenta caiena ajuda a inibir o apetite (Foto: Thinkstock)

De tempos em tempos, um ingrediente é apontado como aliado da boa forma e saúde. O da vez é a pimenta caiena, que já ganhou adeptas como a atriz Bruna Marquezine e a musa fitness Mariana Goldfarb. Segundo a nutricionista funcional Bruna Vilela, que atende famosas como a atriz Fernanda Souza, a boa fama do alimento é real, seu valor benéfico é altíssimo.

“A pimenta caiena possui capsaicina, substância que dá o sabor ardido para as pimentas e que tem muitos benefícios. Entre eles estão a proteção cardiovascular; o poder de analgésico natural para alívio de dores; o efeito descongestionante; e a propriedade antioxidante, que combate os radicais livres e retarda o envelhecimento cutâneo.” Além disso, o ingrediente é rico em vitamina A e vitaminas do complexo B, C e E, segundo Mariellen Figueroa e Michelle Troitinho, nutricionistas do Spa Kurotel.

Aepsar da longa lista de benefícios voltados à saúde, sua principal vantagem é hoje a redução do apetite, que contribui para a perda de peso. “Isso acontece porque a capsaicina libera catecolamina, substância que age no controle da fome”, explica Bruna. Além disso, a pimenta caiena tem ação termogênica. “Por conter capsaicina, ela aumenta a temperatura corporal. Essa dissipação do calor faz nosso organismo utilizar com mais eficiência a gordura marrom, aumentando assim o gasto calórico”, acrescentam Mariellen e Michelle.

CONSUMO
Na hora de consumir, Bruna sugere optar pela verão em pó da pimenta. A quantidade indeal é a de 3 gramas [equivalente a uma colher de café], que pode ser misturada aos alimentos de diversas maneiras ao longo do dia.

A pimenta caiena pode ser usada para temperar alimentos, como carne, frango, peixe, salada, arroz, sopa, caldos, omelete ou também para preparar molhos. Outra opção é preparar um chá. Basta esquenta a água, acrescentar o pó e completar com suco de meio limão [líquido rico em vitaminas!]. A bebida é ótima para combater um resfriado e ajuda a descongestionar. Versátil, ela pode ser ainda misturada a alimentos adocicados, como um shake de banana.

Agora, se o sabor apimentado não agrada o seu paladar, esqueça todas as sugestões anteriores. Neste caso, tire proveito do alimento através de cápsulas manipuladas, que podem ser indicadas por nutricionistas. “Desta forma, a pessoa nem sente o gosto e consegue consumir uma quantidade muito maior”, explica Bruna.

A especialista diz ainda que não há um horário exato para consumi-la. O ideal é direcioná-la para aquela refeição que costuma ser mais reforçada e que o hábito se torne diário. “Se você sente mais fome à tarde, por exemplo, seria mais interessante consumir no almoço pelo efeito inibidor de apetite, que acontece no período que ela está sendo digerida.”

O efeito inibidor, segundo Bruna, já é perceptível logo no primeiro dia de consumo. “Se o consumo for regrado, em um mês já é possível notar um efeito legal, já que você terá diminuído o consumo de calorias.”

CONTRAINDICAÇÕES
Apesar dos benefícios, a pimenta caiena é contraindicada em alguns casos. “Pode ser prejudicial para quem tem gastrite, se ingerida em grande quantidade”, explicam Mariellen e Michelle. “O ingrediente provoca o aumento das enzimas digestivas, inclusive as ácidas, o que poderia agravar o problema.” Quem apresenta quadro clínico de hemorróida também se deve evitar o uso da pimenta caiena, “Mas apenas em casos muito intensos”, afirma. “De modo geral, por precaução, recomenda-se que indivíduos com problemas no trato gastrintestinal [gastrite, úlcera, hemorróidas etc] evitem a sua ingestão, uma vez que a capsaicina em excesso funciona como um agente agressor das mucosas.”

FONTE ORIGINAL DA MATÉRIA:
Marie Claire

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *